Igrejas de rochas com belos afrescos, caverna e  cidades submersas fazem da Capadócia um destino com paisagem única e encantadora. Confira uma lista feita por guias turísticos e cidadões locais dos 10 lugares que são parada obrigatória na famosa terra dos cavalos.

 

1- Voar de balão

Quando se procura Capadócia nos de pesquisa as primeiras imagens que aparecem são dos voo de balão. A sensação de voar num balão é muito suave, e o efeito calmante do voo parece pôr o mundo que ficou embaixo em uma nova perspectiva.

 

1

 

 

2- Ficar num hotel de caverna

A Capadócia possui uma grande quantidade de casas antigas, a maioria delas foi restaurada para funcionar como hotel ou pedra.

 

2

 

 

3- Museu a Céu Aberto de Göreme

O museu onde você pode ver as igrejas mais bem conservadas da cidade, são oito no total. Göreme é uma das cidades mais antigas da Anatólia Central.

 

3

 

4- Cidades Subterrâneas

Na Capadócia existem mais de cem cidades subterrâneas. Graças a natureza macia das rochas vulcânicas, as primeiras civilizações escavaram cidades subterrâneas completas e se refugiavam durante as invasões.

 

4

 

5- Vale Vermelho

É um dos Vales mais espetaculares da região, com diferentes tipos de formação rochosas de várias cores.

 

k1

 

6- Vale do Ihlara

É um cânion de cerca e 14km, as paredes lisas do cânion fazem com que ele seja quase invisível até o momento em que você se encontra sobre ele.

k2

 

7- Passeio a Cavalo

O nome da cidade foi dado pelos peras e era chamada de Katpatukya , que significa “a terra dos cavalos”. Se você vem para a Capadócia não pode deixar de fazer um passeio a cavalo explorando as fascinantes igrejas escavadas nas rochas e das decoradas com afresco do Museu a Céu Aberto.

 

k3

 

8- Testi (cerâmica) Kebab

Os ingredientes deste famoso Kebab são selados em um potinho de cerâmica, cozidos depois no forno ou na brasa, e o pote é colocado na frente do cliente. O toque de metre vem a seguir: o garçom dá leves marteladas em toda a circunferência do pote. Se você for uma pessoa de sorte, e a vai pedir que você dê uma batida num determinado ponto e então, creck! O pote se quebra em dois, de forma que você fique com a tampa na mão e seu Kebab cozido na parte de baixo.

 

k4

 

9- Dervixes Rodopiantes

A cerimônia dos Devixes Rodopiantes é uma forma de limpar o coração humano, uma disciplina de 700 anos que permite que o iniciado sinta a imediata.

 

let60_4657

 

10- Castelo de Uçhisar

Um dos pontos mais importantes da região é a fortaleza da coluna de Uçhisar. Diversas comunidades viveram nessa fortaleza para se proteger de ataques inimigos. Próximo fica o Vale dos Pombos, no local os pombos eram treinados para levar mensagens às cidades da Capadócia Central, sendo essenciais para a comunicação.

 

nhm-2

 

 

Visando reduzir os danos ambientas causados no sítio arqueológico de Machu Picchu, o ministério da cultura decidiu criar novas regras que entraram em vigor no dia 01 de julho. Confira agora as mudanças!

 

 

Resultado de imagem para machu picchu

 

1- Ingressos

Não será mais possível comprar o ingresso válido para o dia inteiro, ao comprar o ingresso o visitante deverá decidir pelo turno que deseja visitar.

  • Turno da manhã: das 6h às 12h (Ingresso: “Machu Picchu”)
  • Turno da tarde: das 12h às 17h30 (Ingresso: “Machu Picchu segundo turno”)

 

2- Entrada com guia

Não é permitida a entrada na cidadela sem um guia, cada guia pode levar um máximo de 16 pessoas.

 

3- Permanência de apenas 4 horas

A entrada dá direito a permanecer apenas 4 horas dentro do sítio arqueológico, durante essas quatro horas só é possível sair e entrar novamente uma vez.

 

4- Proibição de alimentos e alguns equipamentos

É proibida a entrada com bastões de selfie, guarda-chuvas e sombrinhas, animais, sapatos com salto, carrinho de bebê,  alimentos e bebidas e instrumentos musicais.

 

 

Para você que AMA conhecer lugares e passear de bike, você precisa conhecer esse aplicativo. O  Spinlister permite que você alugue uma bicicleta em qualquer lugar do mundo sem burocracias.

 

 

Resultado de imagem para bike around the world

 

 

A dispositivo permite que você filtre por preço, modelo, peso e disponibilidade. O aplicativo esta disponível em mais de 100 países. E você, já está louco para andar de bike por qualquer continho do mundo?

Se você acha que já viu de tudo ao redor do mundo a National Geographic vai te provar que não. Confira a lista feita pela revista dos museus com conjuntos de coisas raras, mas neste caso, raras e estranhas.

 

1-  Museu Momofuku Ando Instant Ramen – Osaka, Japão
 

Se você é daquelas pessoas que AMAM miojo, esse lugar vai ser seu paraíso. O museu conta a história do prato e do seu fundador  Momofuku Ando. O macarrão instantâneo se popularizou tanto que é um dos alimentos mais consumidos no mundo inteiro, os visitantes terão a oportunidade de conhecer a história surpreendente do Cup Noodles, desde o Chicken Noodle, o primeiro macarrão instantâneo que deu origem à todos os tipos que temos hoje.

 

 

2- Museu do Espião – Washington, Estados Unidos
 

Quem nunca quis ser James Bond por um dia? Museu Internacional de Espionagem é o lugar para dedicado todos os mistérios que envolvem a vida de um espião, o local explora equipamentos high-tech, famosos casos de espionagem, métodos secretos e as consequências não tão agradáveis ​​de ser uma pessoa misteriosa internacionalmente.

 

Resultado de imagem para museu do espião

 

3- Museu Subaquático de Arte (MUSA) – Cancun, México
 

O Museu abriga uma série de mais de 450 esculturas que foram submersas no oceano e criaram vida própria: corais, esponjas e peixes tomaram conta de bustos antigos, pianos, pratos, copos … O responsável pelas obras é o artista inglês Jason deCaires Taylor que passou sua infância explorando os recifes de corais da Malásia, o que pode explicar seu fascínio pelo mar.

 

Resultado de imagem para museu subaquático

 

4- Museu Fálico da Islândia – Reykjavik, Islândia
 

Não, não! Você não leu errado, existe sim um museu dedicado ao órgão reprodutor masculino existentes entre diferentes espécies de animais e todos os formatos humanos. Sigurður Hjartarson, fundador do Museu, quando pequeno recebeu um pizzle (pênis de touro), usado como chicote em outros animais e depois de então começou a colecionar pênis de diversas espécies.

 

Resultado de imagem para museu falico islandia

 

cadastre-se e receba a nossa newsletter

* = campo obrigatório

Quer viajar conosco?

Entre em contato

Rio de Janeiro
Avenida Nossa Senhora de Copacabana 330
Salas 607 e 608 - Copacabana
Tel: +55 21 3442-3240