As savanas são o tipo de vegetação e paisagem que predominam no Continente Africano e têm uma singularidade pra lá de especial no fato de abrigar muitos dos animais mais ferozes e de grande porte do mundo! E quem nunca se imaginou com aquelas roupas de safári, entre leões, zebras, girafas elefantes selvagens? Bem, talvez os mais cautelosos não… Mas os que desde cedo sonham com aventuras na selva, o deserto da África e toda sua fauna provavelmente fizeram ou fazem parte dessa fantasia.

 

 

 

 

 

E pra conhecer esse mundo mais de perto, o mais recomendável é que o visitante se inscreva em grupos de excursão aos safáris (são muitas opções de parques e tours e os pacotes são, em geral, oferecidos pelos próprios hotéis e agências de turismo). As excursões, em geral, incluem o transporte, guia, refeições e acesso aos parques. Uma boa opção para quem quer conforto sem esquentar a cabeça com a organização do passeio.

 

 

 

 

Pros mais independentes também existe a opção de se fazer um tour privado com um guia do parque. E para os mais aventureiros existe também a possibilidade de se alugar um jipe e fazer a visitação por conta própria… Haja coragem!!

 

 

 

 

 

 

 

Mas no fim das contas, de um jeito ou de outro, conhecer as savanas africanas é uma experiência inesquecível!

 

 

 

 

Talvez a primeira coisa que venha a cabeça quando se imagina uma paisagem deslumbrante não sejam pedras. Mas acredite, formações rochosas podem criar as mais lindas paisagens que seus olhos já viram! E buy cialis quando a paisagem é formada por uma imensidão de montanhas rochosas que se repartem em enormes penhascos, como os canyons, a beleza é de tirar o fôlego!

 

 

Um dos mais impressionantes vales rochosos é o Grand Canyon, no Arizona, Estados Unidos. Tem montanhas e vales à perder de vista! O conjunto visual dá uma impressão de infinitude – você se sente pequeno diante de tanta força e energia que parecem emanar daquela imagem.

 

 

E a paisagem fica ainda mais incrível quando se admira o Grand Canyon pela margem Sul do observatório e se tem uma visão ampla do Rio Colorado e suas águas azuis cruzando entre as pedras! E a experiência chega ao auge quando se caminha pela pista de vidro construída no alto de uma das rochas, e que se estende ao longo do precipício possibilitando uma visão espacial do fundo do vale. Indescritível!

 

Realmente, a beleza está em todas as formas da natureza!!

 

 

 

 

 

 

 

A Austrália é um país com uma natureza exuberante e muito rica. Tem mais ou menos o tamanho do Brasil e menos da metade da população, isso porque uma boa parte do país é feita de natureza selvagem. O que não falta pelas terras Aussie são paraísos perdidos e lugares com paisagens deslumbrantes! Assim… de cair o queixo! Sim, na Austrália estão alguns dos lugares mais bonitos do mundo!!!

 

Por isso que perguntamos: vocês já ouviram falar em Jervis Bay? É sem dúvida uma das praias mais lindas do mundo, selvagem, deserta e de fácil acesso (coisas que só existem na Austrália). Você chega lá de carro (de Sydney a viagem leva cerca de 1 hora e meia) e passa por uma estrada onde, acredite, há cangurus correndo nos campos! Imagem mais maneira que essa é quase impossível! Jervis Bay tem a areia mais branca do mundo – que fica reluzente sob a luz do sol, é um desses lugares absolutamente deslumbrante de se ver, onde as pessoas passam hoooooras sentadas admirando a beleza e guardando os detalhes na memória. Nós amamos!

 

 

 

A temporada primavera/verão foi inaugurada e o Brasil é o melhor lugar quando o assunto são os destinos para curtir o sol e o calor nos finais de semana prolongados. Poderíamos escrever páginas e páginas com milhares de destinos incríveis, mas hoje vamos falar sobre um só: Ilha de Mangue Seco, na Bahia. Para quem curte a paz do barulho da água do mar e uma comunhão profunda com a natureza tem que, ao menos uma vez na vida, visitar a Ilha.

 

 

O trajeto entre as duas partes só pode ser feito de bugre e é bacana conhecer as praias desertas bem cedinho porque por volta das 15h, os bugres (o transporte é feito pelos moradores do povoado mesmo) voltam para buscar os turistas. No final da tarde a maré enche e a maior parte deserta da ilha desaparece. Isso acontece TODA noite. Mais um espetáculo de Mangue Seco que sob a luz de uma lua cheia é simplesmente inesquecível

 

 

A ilha é cercada de mangues, então se você chegar pra jantar um pouco mais tarde que o normal nos restaurantes da ilha pode encontrar os catadores de caranguejo fazendo a entrega e escolher os mais bonitos pro jantar. Que mimo né! Três ou quatro dias na ilha são suficientes para aproveitar tudo, mas não vai dar vontade de ir embora nunca!

 

 

cadastre-se e receba a nossa newsletter

* = campo obrigatório

Quer viajar conosco?

Entre em contato

Rio de Janeiro
Avenida Nossa Senhora de Copacabana 330
Salas 607 e 608 - Copacabana
Tel: +55 21 3442-3240