Muitos alunos conhecem o Lambton College de Toronto, mas não sabem que o seu campus principal está na cidade de Sarnia, na província de Ontario.

 

Sarnia está situada às margens do Lake Huron, na fronteira com os Estados Unidos. É conhecida sobretudo por aliar uma alta qualidade de vida a excelentes oportunidades de trabalho, pois é sede de várias multinacionais do setor petroquímico, como Shell, Akzo Nobel, Imperial Oil, Nova, SNC Lavalin e British Petroleum, por exemplo. O parque industrial de Sarnia concentra 40% das indústrias Química, Plásticos e Borracha do Canadá.

 

Embora seja pequena, com cerca de 75 mil habitantes, a cidade oferece todas as comodidades da cidade grande, além de contato próximo com uma natureza exuberante e lindas paisagens.

 

Sarnia tem excelentes escolas e hospitais, rica vida cultural, um inverno mais ameno e muitas opções de lazer – tudo isso com a facilidade de locomoção e custos de vida mais baixos do que nas grandes metrópoles. É só comparar, por exemplo, os gastos com transporte público: em Sarnia, os estudantes gastam 170 dólares pelo período de 4 meses (school term), enquanto que em Toronto o passe mensal custa 120 dólares.

 

Para quem quer estudar no Canadá com planos de se estabelecer no país, Sarnia é um bom lugar para começar. Além do custo de vida menor, que faz muita diferença para quem está chegando, é fácil encontrar um trabalho de meio-período para incrementar o orçamento durante o período de estudos. Isto acontece porque há uma considerável população de aposentados, atraída pelo clima menos frio e excelente infraestrutura da cidade, e que movimenta o setor de serviços e comércio.

 

O Lambton College é o único college público de Sarnia, e trabalha em parceria com as indústrias locais para a formação de trabalhadores qualificados, e com os conhecimentos necessários para suprir as suas necessidades. Por este motivo, os programas de Chemical Production (diploma de 2 anos) e Power Engineering (advanced diploma de 3 anos) são muito disputados e famosos em todo o país.

 

Os alunos do Lambton College têm a oportunidade de aprender com os mesmos equipamentos utilizados na indústria. Quando são contratados pelo mercado, muitas vezes não necessitam passar por uma longa fase de treinamento e aprendizagem no novo emprego, já sendo capazes de atuar com alta performance desde o início de suas carreiras.

 

A Lorena Solis, International Recruitment – Latinamerica Coordinator, recebeu Daniela e Jéssica e apresentou toda a estrutura da escola.

 

O departamento internacional fica em Sarnia, e uma de suas principais preocupações está em fazer o possível para garantir a adaptação, o bem-estar e o sucesso do aluno internacional no Canadá.

 

O college oferece, além da esperada estrutura com bibliotecas, laboratórios, salas de estudo, cafeterias e restaurantes, muitas outras facilidades e atividades para promover o bem-estar e a integração dos estudantes canadenses e internacionais. Os alunos contam com quadras de esporte, academia, sala de massagem, sala de lazer com sinuca e ping-pong. O college se orgulha do time profissional de basquete – o Lambton College Lions, e do time que compete em jogos online – o Videogame Lambton Team – que utiliza a tecnologia de ponta oferecida pelo college a todos os alunos.

 

Nos momentos de concentração nos estudos, o extenso acervo da biblioteca, computadores atualizados com as mais novas tecnologias, aplicativos para celular e cabines de estudo individuais são excelentes ferramentas à disposição dos alunos.

 

Depois de saber de tudo isto, fica difícil não se interessar pelo Lambton College e por Sarnia. Mas tem ainda mais um excelente motivo que guardamos pro final: Sarnia está a 3 horas de Toronto, mas a apenas 1 hora de Detroit, nos EUA. É muito comum que os habitantes de Sarnia atravessem a fronteira para fazer compras ou para pegar vôos. Em geral se consegue vôos mais baratos chegando ou partindo do aeroporto de Detroit, pois o mesmo funciona como um hub da Delta Airlines – há uma farta oferta de vôos internacionais e regionais neste aeroporto, e por consequência, uma maior probabilidade de conseguir boas promoções!

 

Lembre-se: as regras do ETA (autorização eletrônica para pessoas viajando para o Canadá) não são muito claras a respeito das pessoas que cruzam a fronteira terrestre entre Estados Unidos e Canadá. Então, para evitar problemas desnecessários, recomendamos que você tenha visto de múltiplas entradas para os dois países.

 

Bora fazer as malas para Sarnia? A Go Tour leva você!

 

Jéssica e Dani em um dos pontos turísticos mais famosos de Sarnia

Jéssica e Daniela com nossa anfitriã Lorena Solis

Student Administrative Council – a disposição dos alunos e do time de games

Vista externa do college

Laboratório

Laboratório

Biblioteca e cabines individuais para estudo

Quadra de esportes

 

Continuando o nosso giro pelas escolas de Toronto, Daniela e Jéssica estiveram no último 11 de abril na ESC – English School Canada.

 

A escola fica em um vibrante bairro de Toronto, cercada por mercados, restaurantes, bancos e lojas  – uma localização que oferece toda a conveniência para os alunos. No mesmo centro comercial da sede da escola tem mercado, banca de jornal, salão de cabelereiro e manicure, e as famosas lojas de 1 dólar. É só sair da escola para ter infinitas possibilidades de usar o conhecimento adquirido nas aulas!

 

A estrutura da escola atende a todo tipo de aluno: os que procuram os programas acadêmicos, e que precisam de foco total nos estudos, possuem um espaço reservado –  e os alunos dos cursos de idiomas têm um espaço bastante confortável e descontraído para aprender inglês e interagir com os colegas.

 

Os pontos de encontro são a sala de estar e a cafeteria, e é também onde todos se reúnem antes das atividades externas. A sala de estar oferece IPADs que ficam à disposição dos alunos, e no pátio aberto da escola acontecem churrascos beneficentes durante o verão.

 

Mas o forte da ESC é mesmo a qualidade de seus programas acadêmicos. O curso é bem puxado – tem que estudar pra valer! São 10 níveis de curso, do básico ao avançado, além de 03 programas de pathway (Academic Foundation, UCTP Prep e UCTP). Novas turmas começam a cada 4 semanas.

 

Veja no detalhe como é cada curso:

 

 

  • Academic Foundation – equivalente ao nivel 6 da escola, tem duração de 04 semanas. É um curso introdutório ao inglês acadêmico.

 

 

  • UCTP Prep –  é o programa preparatório para o UCTP – University College Transfer Program. O aluno pode entrar direto nesse programa se tiver IELTS 5.0 ou TOEFL ibt 6.0, e após 04 semanas de curso, os alunos que tiverem 75% de aproveitamento (entre provas, apresentação de trabalho e frequência nas aulas), passarão para o próximo nível. Caso o aluno não atinja 75% de aproveitamento, deverá fazer a segunda parte do programa que dura mais 4 semanas.

 

 

  • UCTP – University College Transfer Program – é um programa de inglês acadêmico, com duração de 12 semanas. O aluno pode entrar direto nesse programa se:

 

    1. Apresentar IELTS 5.5
    2. Apresentar TOEFL ibt 69
    3. Fazer a prova da escola, o Teste Michigan e redação acadêmica (após a chegada em Toronto).

 

O programa UCTP foi especificamente desenvolvido para que os alunos tenham as habilidades acadêmicas necessárias para estudar em instituições de ensino superior canadenses, aprendendo a fazer projetos dentro das normas do país, trabalhando em grupo, entregando trabalhos, tudo com a mesma intensidade de ensino de um college. Os alunos desse programa devem estar fortemente comprometidos com a sua educação e com vontade de atingir grandes realizações acadêmicas.

 

O certificado de conclusão do UCTP permite aos alunos entrar em qualquer um dos diversos colleges e universidades parceiras sem a necessidade de prestar uma nova prova. A ESC tem parceria com a maioria das instituições da província de Ontario e províncias do Atlântico, como Nova Scotia – atualmente muito famosa por ser uma província aberta para estudantes internacionais.

 

Estes são os colleges e universidades parceiros da ESC:

 

  • Acadia University
  • Algoma University
  • Algonquin College
  • Assiniboine Community College
  • BowValley College
  • Brock University
  • Bishop’s University
  • Cape Breton University
  • Centennial College
  • Central College
  • Conestoga
  • Confederation College
  • Fanshawe
  • George Brown College
  • Georgian College
  • Humber College
  • Lakehead University
  • Lambton College
  • Laurentian University
  • Leeward Community College
  • Mohawk
  • Moravian College
  • Mount Saint Vincent University
  • Niagara College Canada
  • Seneca
  • Saint Clair College
  • St. Francis Xavier University
  • Sheridan
  • St. Lawrence College
  • University of California – Riverside Extension
  • Univeristy of Michigan
  • University of Ontario – Institute of Technology
  • University of Regina
  • Wilfrid Laurier University
  • OCAD University
*Caso o college ou universidade que você quer não esteja aqui, entre em contato com a gente para receber uma lista atualizada.

 

A ESC oferece também um programa exclusivo para profissionais e estudantes da área de Saúde:  o programa de English for Health é voltado para a construção de vocabulário específico desta área.

 

O programa é composto por 4 módulos de 4 semanas, com duração total de 16 semanas. Os alunos podem optar em se matricular no programa completo, ou em módulos individuais.

 

As aulas abordam diversos assuntos, como Sistema Cardiovascular, Saúde Mental, Nutrição e Medicina Alternativa, por exemplo.  A professora desse curso é uma enfermeira e as aulas são muito ricas em conteúdo e histórias interessantes para ajudar os profissionais da área de saúde a aumentar seu vocabulário e também a se situar no contexto canadense da Saúde. O pré-requisito para o curso é ter no mínimo o nível 7 da escola.

 

Você pode fazer o teste online da escola para ter uma ideia do seu nível – http://www.esc-toronto.com/onlineTest

 

E então, está animado pra começar? A Go Tour leva você! Entre em contato conosco em gotour@gotour.com.br.

 

Veja abaixo as fotos da nossa visita:
 

Jéssica e Daniela visitando a ESC – English School of Canada. A Melina Trindade foi a anfitriã.


 

Uma das muitas salas de aula da ESC.


 

Quadro de atividades para os alunos – sempre tem muita coisa programada!


 

Área comum dos alunos – bastante espaço e iPads para estudar ou falar com a família.

 

 

 

Aqui na Go Tour a gente gosta de visitar pessoalmente as escolas, para poder indicar com propriedade as melhores opções.

 

No último dia 10 de abril, a Daniela e a Jéssica estiveram na RCIIS – Royal Canadian Institute of International Studies, uma escola de inglês para alunos internacionais localizada em Toronto, no Canadá, pertinho da Davisville Station.

 

O Renato Dias, responsável pelos alunos da América Latina e Brasil, recebeu a equipe da Go Tour e apresentou toda a estrutura da escola, que a partir de maio deste ano contará com 26 salas de aula, que atenderão a 300 alunos.

 

A RCIIS é sem dúvida uma das melhores opções para quem quer desenvolver as habilidades acadêmicas para cursar um college ou universidade no Canadá. Cada nível tem duração de 4 a 12 semanas, e os alunos têm a opção de estudar de manhã, tarde ou à noite. Atualmente é uma das únicas escolas em Toronto que oferece Pathway Program no período noturno.

 

Para quem tem o objetivo principal de melhorar a habilidade de comunicação no idioma, a RCIIS também oferece turmas específicas de conversação – e é bastante reconhecida por este programa na comunidade de alunos internacionais de Toronto.

 

No primeiro dia de aula você passará por um teste de inglês para saber qual é o nível mais adequado para iniciar seus estudos. Mas se você quiser ter uma ideia de como está o seu inglês antes de viajar, dá pra fazer um teste online no site da escola, neste link.

 

Para os alunos de pathway, é possível fazer um agendamento de prova, ainda no Brasil, com um dos professores da escola. Isto é imprescindível para quem está se preparando para atingir o nível necessário de inglês a tempo suficiente de entrar na faculdade. Além disso, a RCIIS tem acordo com mais de 20 instituições no Canadá!

 

Estes são os principais parceiros da escola na cidade de Toronto e região de Ontario:

 

– Algoma University
– Algonquin College
– Anderson College
– Brock University
– Cambrian College at Hanson
– Canadian College of Massage and Hydrotherapy
– Canadore College
– Centennial College
– Conestoga College
– Evergreen College
– Georgian College
– Greystone College
– IBT College
– International Institute of Travel
– Lakehead University
– Niagara College
– Sault College
– St. Lawrence College
– Toronto Film School
– Toronto School of Management
– University of Regina
– West Coast College of Massage Therapy
– Wilfrid Laurier University
– Yorkville University

*Caso a faculdade de seu interesse não esteja na lista, entre em contato com a gente para receber uma lista atualizada.

 

Um dos grandes diferenciais da escola é o atendimento e suporte ao aluno, feito pelo Renato, o counselour da escola, que conhece pessoalmente todos os alunos e os ajuda com seus planos e estratégias após sua chegada na cidade.

 

A atmosfera é familiar e amigável, e a escola tem uma excelente estrutura. A área comum convida à interação entre os alunos das mais diversas nacionalidades, com sofás confortáveis para sentar, conversar e relaxar entre as aulas. A pequena cafeteria vira o ponto de encontro da escola na hora das refeições, com geladeira, microondas e cafeteiras à disposição dos alunos.

 

A Go Tour é uma das únicas agências parceiras da RCIIS no Brasil, e será uma alegria para a gente ajudar você a planejar o seu curso com eles.

 

Veja as fotos da nossa visita!

 

O lounge é super espaçoso, colorido e convidativo.

Você pode usar a cafeteria para aquecer o almoço que trouxer de casa.

Daniela e Jéssica, da Go Tour, com o Renato, da RCIIS. O Renato dá um baita apoio para os estudantes da escola.

Já se imaginou estudando nesta sala super moderna?

 

Para saber mais, entre em contato com a gente, em gotour@gotour.com.br.

 

 

 

 

 

 

A Pri, parceira da Go Tour, mora na cidade de Victoria no Canadá. Ela é estudante da área de Business na Universidade de Victoria e tem um blog chamado Embarque com a Pri. Nele, ela conta suas aventuras no país, o contato com a cultura local e como é ser uma estudante internacional. Faça como a Pri e estude no exterior! Nunca é tarde demais!

 

destino-intercambio

 

Confira abaixo vários motivos escritos pela blogueira para você não deixar o intercâmbio de lado.

 

“Estou velho para fazer um intercâmbio?

 

Muitos pensam que já estão velhos para estudar fora. Sonham em fazer um intercâmbio, mas acham que passaram da idade. A verdade é que estas pessoas estão muito enganadas. Não existe idade para estudar fora. Atualmente é comum ver pessoas mais maduras realizando o desejo de ir para outro país, seja para estudar um segundo idioma ou fazer um curso profissionalizante.

 

Fiz meu primeiro intercâmbio aos 28 anos. Resolvi usar as minhas férias e estudar 30 dias em Malta. Estava preocupada achando que iria chegar na escola e teria somente adolescentes. Engano meu! O mais novo da sala tinha 22, depois vinha eu com 28 e os demais eram mais velhos. Lembro de uma senhora polonesa da sala ao lado de 63 anos, que se aposentou e estava aproveitando para realizar o sonho de melhorar o inglês. Tinha um casal da Alemanha nos seus 50 em poucos anos com os filhos de 19 e 24, todos estudando inglês na mesma escola.

 

Amei tanto a ideia do intercâmbio que no ano seguinte vim para o Canadá, onde fiz um programa Co-op (estudo + trabalho). Neste período eu vi a diferença entre ser uma estudante mais experiente ou não. Eu não estava gastando o dinheiro dos meus pais, como a maioria dos alunos mais jovens fazem quando chegam aqui. Eu estava totalmente empenhada e dedicada no programa. É lógico que estudar fora quando se é novo tem as suas vantagens, mas fazer um intercâmbio quando se é mais maduro também tem. Além de sermos mais dedicados nos estudos, temos um interesse maior sobre a cultura e história local. Por conta disto, fazemos amizades mais facilmente com quem mora naquela cidade e aceitamos melhor as diferenças.

 

Assim, se você tem este desejo, nada impede que alguém mais experiente, com uma carreira construída de realizar o sonho de um intercâmbio. Aquela ideia de que estudar fora é somente para jovens, não existe mais.

 

Se você tem disponibilidade para viajar por longos períodos e não domina o idioma, faça um curso na língua escolhida. Procure uma escola onde a idade mínima seja 18 ou 19 anos. Escolas que oferecem além do inglês tradicional, cursos como Business English, IELTS Exam Preparation, etc, costumam receber alunos mais maduros.

 

Se você não pode colocar o seu trabalho em segundo plano e já domina o idioma, você pode se especializar em sua área de atuação. Em diversas  universidades canadenses é possível encontrar cursos profissionalizantes. Aqui em Victoria há cursos na área de Negócios, por exemplo, que duram 12 semanas. Outros mais longos em outras áreas,  que podem durar um ano ou mais.

 

No caso de não dominar o inglês e também não ter disponibilidade para estudar por longos períodos. Você pode fazer como eu fiz aos meus 28 anos. Usei as minhas férias para estudar, visitar um país diferente, conhecer uma nova cultura e me divertir ao mesmo tempo.

 

Se você tem este desejo, lembre-se que em qualquer momento da sua vida é possível realizá-lo. Planeje e foque nos seus objetivo! Quando você perceber estará dentro do avião realizando o seu sonho! Quem sabe você estará vindo para Victoria estudar, e ainda terá a oportunidade de tomar um café comigo apreciando a beleza do Inner Harbour!”

 

 

https://embarquecomapri.com/2015/07/30/estou-velho-para-fazer-um-intercambio/

cadastre-se e receba a nossa newsletter

* = campo obrigatório

Quer viajar conosco?

Entre em contato

Rio de Janeiro
Avenida Nossa Senhora de Copacabana 330
Salas 607 e 608 - Copacabana
Tel: +55 21 3442-3240