A Pri, parceira da Go Tour, mora na cidade de Victoria no Canadá. Ela é estudante da área de Business na Universidade de Victoria e tem um blog chamado Embarque com a Pri. Nele, ela conta suas aventuras no país, o contato com a cultura local e como é ser uma estudante internacional. Faça como a Pri e estude no exterior! Nunca é tarde demais!

 

destino-intercambio

 

Confira abaixo vários motivos escritos pela blogueira para você não deixar o intercâmbio de lado.

 

“Estou velho para fazer um intercâmbio?

 

Muitos pensam que já estão velhos para estudar fora. Sonham em fazer um intercâmbio, mas acham que passaram da idade. A verdade é que estas pessoas estão muito enganadas. Não existe idade para estudar fora. Atualmente é comum ver pessoas mais maduras realizando o desejo de ir para outro país, seja para estudar um segundo idioma ou fazer um curso profissionalizante.

 

Fiz meu primeiro intercâmbio aos 28 anos. Resolvi usar as minhas férias e estudar 30 dias em Malta. Estava preocupada achando que iria chegar na escola e teria somente adolescentes. Engano meu! O mais novo da sala tinha 22, depois vinha eu com 28 e os demais eram mais velhos. Lembro de uma senhora polonesa da sala ao lado de 63 anos, que se aposentou e estava aproveitando para realizar o sonho de melhorar o inglês. Tinha um casal da Alemanha nos seus 50 em poucos anos com os filhos de 19 e 24, todos estudando inglês na mesma escola.

 

Amei tanto a ideia do intercâmbio que no ano seguinte vim para o Canadá, onde fiz um programa Co-op (estudo + trabalho). Neste período eu vi a diferença entre ser uma estudante mais experiente ou não. Eu não estava gastando o dinheiro dos meus pais, como a maioria dos alunos mais jovens fazem quando chegam aqui. Eu estava totalmente empenhada e dedicada no programa. É lógico que estudar fora quando se é novo tem as suas vantagens, mas fazer um intercâmbio quando se é mais maduro também tem. Além de sermos mais dedicados nos estudos, temos um interesse maior sobre a cultura e história local. Por conta disto, fazemos amizades mais facilmente com quem mora naquela cidade e aceitamos melhor as diferenças.

 

Assim, se você tem este desejo, nada impede que alguém mais experiente, com uma carreira construída de realizar o sonho de um intercâmbio. Aquela ideia de que estudar fora é somente para jovens, não existe mais.

 

Se você tem disponibilidade para viajar por longos períodos e não domina o idioma, faça um curso na língua escolhida. Procure uma escola onde a idade mínima seja 18 ou 19 anos. Escolas que oferecem além do inglês tradicional, cursos como Business English, IELTS Exam Preparation, etc, costumam receber alunos mais maduros.

 

Se você não pode colocar o seu trabalho em segundo plano e já domina o idioma, você pode se especializar em sua área de atuação. Em diversas  universidades canadenses é possível encontrar cursos profissionalizantes. Aqui em Victoria há cursos na área de Negócios, por exemplo, que duram 12 semanas. Outros mais longos em outras áreas,  que podem durar um ano ou mais.

 

No caso de não dominar o inglês e também não ter disponibilidade para estudar por longos períodos. Você pode fazer como eu fiz aos meus 28 anos. Usei as minhas férias para estudar, visitar um país diferente, conhecer uma nova cultura e me divertir ao mesmo tempo.

 

Se você tem este desejo, lembre-se que em qualquer momento da sua vida é possível realizá-lo. Planeje e foque nos seus objetivo! Quando você perceber estará dentro do avião realizando o seu sonho! Quem sabe você estará vindo para Victoria estudar, e ainda terá a oportunidade de tomar um café comigo apreciando a beleza do Inner Harbour!”

 

 

https://embarquecomapri.com/2015/07/30/estou-velho-para-fazer-um-intercambio/

Conheça cinco aplicativos úteis para viajar que vão desde a organização da sua bagagem até como se locomover no destino escolhido.

 

aMetro

(Android)

Este aplicativo mostra o mapa dos sistemas de trânsito do mundo inteiro! Você pode encontrar as rotas de metrôs, ônibus, trens e outros. Além disso o aMetro oferece a estimativa de tempo da sua viagem.

 

 

 

AroundMe

(Android/ IOS)

Através da sua posição, o AroundMe detecta os principais serviços mais próximos da sua área. Você pode encontrar bancos, bares, hotéis, restaurantes e outros de acordo com a categoria que você escolheu na lista do aplicativo.

 

 

 

 

Foodspotting

(Android/IOS)

É um guia para encontrar novos sabores. O aplicativo é usado também para classificar não só os restaurantes, como também os próprios pratos.

 

 

 

PackPoint

(Android)

O PackPoint é o organizador da sua mala de viagem. Usando dados como a duração da sua viagem, o clima no seu destino e as atividades incluídas no seu pacote, o aplicativo mostrará os itens que serão essenciais para você.

 

 

 

FieldTrip

(Android)

O aplicativo tem a função de servir como um guia turístico. Ele oferece, através do sistema de localização do Google, detalhes em um card sobre o espaço que você está. Você pode descobrir desde a história local até os melhores lugares para fazer compras, comer e se divertir.

 

 

 

 

Confira abaixo o trajeto da tocha olímpica dos Jogos de 2016!

 

4 de Maio – Goiás

A cidade Pirenópolis receberá a tocha.

 

10 de Maio – Minas Gerais

A tocha iluminará as ruas de pedra da cidade histórica de Diamantina.

 

diamante

Diamantina – Minas Gerais

 

18 de Maio – Espírito Santo

Passará por São Mateus, uma das cidades mais antigas do estado.

 

24 de Maio – Salvador

Passará pela capital baiana que teve um momento de revitalização de sua orla atualmente.

 

Farol da Barra - Salvador

Farol da Barra – Salvador

 

2 de Junho – Paraíba

A tocha vai para Campina Grande e servirá de abertura a festa de São João do local, uma das duas maiores festas juninas do país.

 

5 de Junho – Fernando de Noronha

A chama será levada para perto dos Dois Irmão numa prancha de stand up.

 

Dois Irmãos - Fernando de Noronha

Dois Irmãos – Fernando de Noronha

 

9 de Junho – Piauí

A chama olímpica vai para um dos espetáculos naturais do Piauí: O Delta do Parnaíba.

 

13 de Junho – Maranhão

O trajeto inclui o conjunto de dunas e lagos de água doce do Parque Nacional dos Lençóis.

 

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

 

15 de Junho – Pará

O destino da tocha neste dia é Belém. No Mercado Ver-o-Peso é possível experimentar vários sabores da cozinha local.

 

21 de Junho – Acre

Rio Branco vai receber o revezamento da chama olímpica no dia 21. Ela será levada através da catraia, um pequeno barco de madeira a remo, muito popular na população ribeirinha.

 

Mercado Velho - Rio Branco

Mercado Velho – Rio Branco

 

24 de Junho – Mato Grosso

O roteiro da visita inclui a Chapada dos Guimarães, cidade dos Nobres e o Pantanal Matogrossense.

 

25 de Junho – Mato Grosso do Sul

Um condutor da chama entrará no Aquário Natural, em Bonito, sem mergulhar a tocha. Depois será conduzida para a Gruta do Lago Azul.

 

Gruta do Lago Azul - Bonito

Gruta do Lago Azul – Bonito

 

1º de Junho – Paraná

A tocha passeará pela cidade de Foz do Iguaçu e depois um barco levará a tocha para perto da Garganta do Diabo, no Parque Nacional das Cataratas do Iguaçu.

 

4 de Julho – Rio Grande do Sul

O revezamento passará pelas Ruínas de São Miguel das Missões que possui um dos conjuntos arqueológicos de mais importância no Brasil.

 

Ruinas de São Miguel das Missões

Ruinas de São Miguel das Missões

 

10 de Julho – Santa Catarina

Passará por Laguna, cidade histórica por ser uma das principais bases de colonização do país.

 

25 de Julho – São Paulo

A tocha fará o revezamento em Ilhabela no litoral norte paulista.

 

Ilhabela

Ilhabela

 

As vezes bate uma saudade da comida brasileira…

 

Via Brasil

 

O Via Brasil serve comida brasileira desde 1978 em Nova York. O restaurante é decorado com cores da natureza tropical e imagens de tucanos e papagaios. Para a entrada podemos encontrar pão de queijo, casquinha de siri e lula frita. Para o prato principal, o cardápio é bem diverso: possui entre massas, peixes e churrasco até a feijoada completa de $34 para duas pessoas.

via brasil

 

Endereço:

34 West 46th Street

 

Miss Favela

 

Miss Favela é um botequim que tem a missão de trazer uma experiência autêntica do Brasil para o Brooklyn. Missão cumprida! A maioria das noites no botequim tem música ao vivo ou um DJ tocando música brasileira. Confira abaixo o menu de almoço.

 

 

miss favela

 

Endereço:

57 South Fifth Street Brooklyn

 

 

Berimbau do Brasil

 

O Berimbau do Brasil, localizado no Village, é um pequeno restaurante brasileiro. Em seu cardápio, podemos encontrar cinco sabores de tapioca, pratos de bife acebolado, churrasco e até pratos vegetarianos, como o strogonoff feito de tomates, aspargos, cogumelos e etc. A refeição mais cara do menu é a fraldinha que custa $26,95.

 

 

berimbau

 

Endereço:

43 Carmine Street (entre Bedford & Bleecker Streets)

 

Churrascaria Plataforma

 

Para quem está afim de um rodízio de carnes, o lugar certo é a Churrascaria Plataforma. A refeição é composta em três partes: primeiro, você visita a gourmet salad bar apresentada com vegetais e saladas frescas; depois é a hora do rodízio de carnes: picanha, filet mignon, costela, linguiça, franguinho e tudo o que a gente já está acostumado aqui no Brasil. Por fim, as sobremesas: mousse de chocolate, brigadeiro e pudim de leite são algumas opções. Os preços são o normal para uma churrascaria de classe alta.

 

churrascaria-plataforma_v1_460x285

 

Endereço:
316 West 49th Street

 

cadastre-se e receba a nossa newsletter

* = campo obrigatório

Quer viajar conosco?

Entre em contato

Rio de Janeiro
Avenida Nossa Senhora de Copacabana 330
Salas 607 e 608 - Copacabana
Tel: +55 21 3442-3240